Última hora

Última hora

Resignação e desconcerto entre passageiros de voos europeus cancelados

Em leitura:

Resignação e desconcerto entre passageiros de voos europeus cancelados

Tamanho do texto Aa Aa

Nos aeroportos do norte da Europa o caos é generalizado. Depois de vários países anunciarem o encerramento do espaço aéreo, centenas de milhares de passageiros ficaram apeados.

Em Bruxelas, nenhum avião aterra ou descola até ao fim da tarde de hoje.

Mesmo cenário em Amesterdão, onde todos os voos foram anulados pelo menos até às 14 horas.

No aeroporto de Schiphol, uma passageira britânica explica que recebeu apenas “um vale de dez euros”. Diz que pediu ajuda “para encontrar um hotel, mas todos estão ocupados e na mesma situação”.

No primeiro aeroporto do Mundo em termos de tráfego aéreo internacional a situação é particularmente caótica. Por Heathrow, em Londres, passam diariamente 180 mil passageiros.

Esta mulher explica que foi informada de que “todos os voos foram cancelados” mas “ninguém diz o que fazer, nem para onde ir, o que é realmente desconcertante”.

Em França, foram anulados todos os voos no norte e na região de Paris até ao início do tarde.

Um passageiro diz que “não se pode fazer nada face ao que acontece na Terra e no céu”, que “é mais forte do que todos nós”.

O espaço aéreo português não foi afectado, no entanto vários aeroportos registaram o cancelamento de voos para os países que fecharam as pistas de aterragem.