Última hora

Última hora

Filas e caos em aeroportos de todo o mundo

Em leitura:

Filas e caos em aeroportos de todo o mundo

Tamanho do texto Aa Aa

Passageiros em todo o mundo desesperam para chegar aos destinos.

Em Espanha, muitos aeroportos, particularmente o de Madrid, vivem mais um dia de longas filas e caos.

Em França, o cenário é ainda pior. Os três aeroportos de Paris e mais duas dezenas de outros no Norte vão continuar fechados pelo menos até segunda-feira de manhã, numa altura em que há greve dos caminho-de-ferro.

“Íamos para Paris mas, infelizmente, o nosso voo foi cancelado”, diz uma passageiro.

“Quero regressar a Londres mas não há voos por isso tenho esperar pelo menos uma semana”, diz um passageiro resignado.

O Norte e Centro da Europa estão a ser fortemente afectados pela nuvem de cinzas vulcânicas. A Cruz Vermelha presta ajuda aos passageiros retidos.

“Estamos apenas a aguardar com a Cruz Vermelha Internacional. O meu marido está comigo e estamos apenas à espera de poder voar. Vou tentar amanhã com a Delta Airlines. Esperamos que o aeroporto abra mas vamos ver o que acontece”, diz uma passageira.

No aeroporto de Bruxelas, as instalações estão transformadas numa gigante camarata. Mas o número de pessoas vai diminuindo à medida que vão sendo dadas mais informação:

“As pessoas estão mais informadas sobre os cancelamentos dos voos…por isso há menos pessoas nos aeroportos…mas de manhã chegaram ainda algumas pessoas ao aeroporto que queriam partir de Bruxelas, mas vão ter de ficar aqui. Esperamos que esse número diminua nos próximos dias”.

Em Portugal os aeroportos registaram menos 356 voos, este sábado, entre a meia-noite e o meio-dia.