Última hora

Última hora

Goldman Sachs acusado de fraude

Em leitura:

Goldman Sachs acusado de fraude

Tamanho do texto Aa Aa

O prestigiado banco norte-americano Goldman Sachs é acusado de fraude na venda de produtos financeiros estruturados no mercado hipotecário que causaram perdas milionárias a investidores.

A acusação parte do organismo regulador dos mercados norte-americanos de valores imobiliários depois das especulações terem começado em 2008.

Um analista explica como o banco iludiu os clientes: “Tinham fama de fazerem boas operações bolsistas, muito agressivas, e de terem pessoas muito inteligentes a trabalhar no banco. Esta reputação de ser um dos melhores bancos investidores do mundo durou décadas. E parece-me que eles saíram da crise económica melhor do que o resto da concorrência.”

O banco permitiu indevidamente que um cliente que estava a constituir posições contra o mercado hipotecário influenciasse fortemente quais os títulos hipotecários a incluir no portfolio de investimento, enquanto dizia a outros investidores que os títulos eram escolhidos de forma independente e objectiva por terceiros.

As acções do Goldman Sachs caíram 13% esta sexta-feira, na bolsa de Wall Street.