Última hora

Última hora

Marinha britânica tenta socorrer "vítimas" da nuvem de cinza

Em leitura:

Marinha britânica tenta socorrer "vítimas" da nuvem de cinza

Tamanho do texto Aa Aa

Condicionado pelo espaço aéreo, Gordon Brown começou a mobilizar navios da marinha.

O primeiro-ministro britânico, que volta a recandidatar-se nas eleições de 6 de Maio, tenta dar um sinal de esperança aos milhares de ingleses detidos pela nuvem de cinzas, nos aeroportos europeus.

“Estou muito orgulhoso com o que o povo britânico fez, ao lidar com circunstâncias extremamente difíceis, abandonados em áreas difíceis. Estamos determinados a fazer os possíveis para ajudar. O porta-aviões Ark Royal vai ser enviado para o Canal da Mancha. O HMS Ocean, de assalto anfíbio, também vai estar disponível nos portos do Canal, assim que possível, de forma a ajudar as pessoas na viagem de regresso. Estamos a enviar um navio Albion por Espanha, para ver o que é que podemos fazer para trazer também soldados ingleses que regressam do Afeganistão”, assegura Gordon Brown, primeiro-ministro britânico.

Nesta altura o aeroporto de Barajas, em Madrid, é dos poucos que está a funcionar em pleno, na Europa.

As autoridades britânicas estão em contacto com as espanholas.

Juntas avaliam a possibilidade de os cidadãos ingleses retidos no mundo poderem ser transportados para Espanha por via aérea e dali para o Reino Unido, de barco ou autocarro.