Última hora

Última hora

Polacos em peregrinação a última morada de Kaczynski

Em leitura:

Polacos em peregrinação a última morada de Kaczynski

Tamanho do texto Aa Aa

Os restos mortais de Lech Kaczynski e da esposa repousam desde este domingo na cripta do Castelo de Wawel, em Cracóvia, entre reis e heróis da nação polaca.

A escolha da última morada do falecido presidente foi alvo de polémica nos últimos dias, mas depois do funeral de Estado, muitos polacos cumprem a peregrinação até ao local para uma derradeira homenagem.

Esta mulher diz que “tem o coração desfeito, neste dia tão difícil” e acrescenta que não teve “oportunidade de despedir-se em Varsóvia”, por isso veio a Cracóvia.

Este jovem diz que “foi maravilhoso, valeu a pena vir da capital e esperar na fila, apesar da enorme espera”.

A cerimónia deste domingo reuniu na cidade mais de 150 mil pessoas. Faltou um grande número de dirigentes estrangeiros, que cancelaram a deslocação devido aos problemas aéreos. O presidente eurocéptico da República Checa, Vaclav Klaus, que efectuou a viagem a Cracóvia em comboio aproveitou para criticar a ausência dos líderes europeus.