Última hora

Última hora

Aviões voltam a descolar

Em leitura:

Aviões voltam a descolar

Tamanho do texto Aa Aa

Os aviões voltam, progressivamente, aos céus da Europa. A maior parte dos aeroportos do velho continente deverá começar a abrir as portas esta manhã, a partir das oito horas – nove horas em Lisboa.

Na Grã-Bretanha, prevê-se a reabertura de alguns aeroportos, mas os de Londres deverão manter-se encerrados. As nuvens de cinzas em direcção às ilhas britânicas acentuaram-se esta noite.

Bruxelas anunciou, através do Comissário para os Transportes: “A partir das oito da manhã, vamos ver progressivamente mais aviões a começarem a voar; são boas notícias para os passageiros e boas notícias para a indústria aeronáutica. Mas não cederemos em termos de segurança”.

O plano da Comissão estabelece três zonas geográficas: uma mais próxima do centro de emissão de cinzas, onde há restrições absolutas; uma zona intermédia onde a situação vai evoluir em função dos dados científicos e um terceira a funcionar sem restrições.

Em França, apesar do anúncio da abertura de mais aeroportos esta manhã, a Cruz Vermelha instalou um acampamento num centro de desportos de Paris, para receber pessoas retidas pelo encerramento dos aeroportos da capital francesa.

Uma estrutura que é de grande ajuda para quem espera há vários dias: “Estivémos no aeroporto nas últimas três noites, mas viémos para aqui porque não podemos pagar 200 dólares por cada noite de hotel, mais a comida”, diz uma passageira de nacionalidade irlandesa.

A retoma do tráfego aéreo faz-se sob forte pressão das companhias do sector. As perdas estão calculadas em mais de 200 milhões de euros por dia.

saiba mais aqui