Última hora

Em leitura:

John Elkann ao volante da FIAT


Itália

John Elkann ao volante da FIAT

O império da FIAT regressa às mãos da dinastia Agnelli. O neto do lendário fundador é oficialmente nomeado presidente do Conselho de Administração esta quarta-feira.

Aos 34 anos, John Elkann – até então vice-presidente – sucede a Luca Cordero di Montezemolo que deixa o cargo para se dedicar inteiramente à Ferrari, a que preside.

A notícia não surpreende, tanto mais que o novo presidente foi preparado para chefiar os destinos da empresa desde cedo pelo avô. Aos 21 anos, entrou no Conselho de Administração e suscitou o cepticismo dos italianos. Em 2004, foi nomeado vice-presidente.

“Estou muito orgulhoso e feliz. Agradeço a todos os que me apoiaram ao longo destes anos. Agradeço também à minha família por ter confiado em mim”, declarou Elkann, esta terça-feira, em conferência de imprensa.

A FIAT também apresenta hoje a nova estratégia, que passa pela separação do sector automóvel do resto do grupo. A notícia causou uma subida em flecha das acções da empresa. Segundo os analistas, o construtor italiano poderá concentrar-se melhor no sector automóvel, que acaba de sair de uma das piores crises da sua história.

Cerca de um ano depois da aliança com a americana Chrysler, a FIAT quer aumentar a produção até 2014 e lançar novos modelos.

Para a revista The Economist, inicia-se “a era Elkann”: “um trintão que não mostra a arrogância dos ricos e tem o mesmo encanto do avô”.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Uma nova nuvem de fumo sobre a Europa