Última hora

Última hora

Vacinas estimulam resultados da Novartis

Em leitura:

Vacinas estimulam resultados da Novartis

Tamanho do texto Aa Aa

O grupo farmacêutico suíço Novartis teve números em alta, no primeiro trimestre deste ano, graças às vendas de vacinas contra a gripe A.

Só estas vacinas cotabilizaram cerca de 800 mil milhões de euros em vendas durante o período. Os lucros líquidos cresceram 49%.

Números que satisfazem o novo presidente executivo, o norte-americano Joseph Jiménez: “Tivémos um forte crescimento na exportação de vacinas para o H1N1 o que, a juntar a uma boa base de negócios, gerou uma subida excepcional nas vendas. Além disso, houve um controlo de custos muito bom, que fez com que o lucro tenha crescido mais de 40%”.

Jiménez substituiu Daniel Vasella no início de Fevereiro. Vasella, que dirigiu a Novartis ao longo dos últimos 14 anos, deixou a presidência executiva mas mantém o cargo de presidente do Conselho de Administração.

Depois desta apresentação de resultados, a primeira da nova direcção, o grupo mantém boas perspectivas para o resto do ano.