Última hora

Última hora

Fiat confirma saída de Montezemolo

Em leitura:

Fiat confirma saída de Montezemolo

Tamanho do texto Aa Aa

A Fiat confirmou a substituição de Luca Cordero di Montezemolo por John Elkann, na presidência do Conselho de Administração.

O grupo apresentou esta quarta-feira a nova estratégia, mas não confirmou os rumores de que iria haver uma separação entre a Fiat Auto e as outras actividades.

A construtora automóvel italiana teve, contra todas as previsões, um prejuízo de 25 milhões de euros no primeiro trimestre.

Esta apresentação foi o adeus de Cordero di Montezemolo, que deixa a cúpula da Fiat para se dedicar só à Ferrari. O sucessor, o jovem John Elkann, é um membro da dinastia Agnelli, a família fundadora da Fiat. Sergio Marchionne, por muitos visto como o principal responsável pela recuperação da construtora, continua a ser presidente executivo.

As acções da Fiat estiveram a cair, esta quinta-feira, por culpa dos resultados agora apresentados e também devido a uma correcção dos ganhos de quarta-feira.

A Chrysler é agora parte integrante da estragégia da Fiat para os próximos tempos. A construtora americana é participada em 20% pelos italianos.

A Chrysler teve um lucro operacional no primeiro trimestre, o primeiro desde o divórcio com a Daimler, e prevê equilibrar as contas este ano.