Última hora

Última hora

FMI aumenta previsões de crescimento

Em leitura:

FMI aumenta previsões de crescimento

Tamanho do texto Aa Aa

O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê uma aceleração no ritmo de crescimento da economia mundial, este ano, mas deixou um aviso: a dívida de alguns países pode vir a ter pesadas consequências.

O FMI insiste sobre o facto de serem as economias emergentes, como a China e a Índia, que estão a fazer a economia global recuperar da pior recessão do pós-guerra.

O Fundo prevê para este ano uma expansão económica de 4,2%, em todo o mundo. Um valor a subir em relação aos 3,9% previstos em Janeiro. Já no que toca a 2011, mantém-se a previsão de um crescimento da economia global de 4,3%.

O FMI está particularmente preocupado com a situação na Grécia, com quem está a negociar um empréstimo. Diz também que Portugal é, depois da Grécia, o segundo país que mais pode pôr em perigo a estabilidade do grupo de 16 países da Eurozona.

Segundo o Fundo, a economia global esteve a recuperar mais rapidamente que o previsto, mas essa recuperação teve um custo: as medidas de salvamento postas em marcha pelos governos, nomeadamente para ajudar os bancos, custaram caro aos cofres dos Estados.

O reembolso das ajudas por parte dos bancos é um dos temas em cima da mesa na próxima reunião dos ministros das Finanças e banqueiros centrais do G20, sexta-feira em Washington.