Última hora

Última hora

Berlusconi e Fini enfrentam-se em público

Em leitura:

Berlusconi e Fini enfrentam-se em público

Tamanho do texto Aa Aa

O Povo da Liberdade, o partido maioritário em Itália, atravessa a mais grave crise de sempre.
 
O primeiro-ministro Sílvio Berlusconi e o seu braço direito, Gianfranco Fini, o actual presidente da Câmara dos Deputados, protagonizaram uma dura troca de palavras durante a conferência do Partido, em Roma.
 
O verniz estalou quando Fini criticou a liderança do chefe de governo italiano. A ruptura entre os dois homens chegou a tal ponto que Fini já ameaça formar um grupo parlamentar autónomo, o que poderá pôr em perigo a confortável maioria política de que Berlusconi dispõe actualmente no Parlamento.
 
Fini acusou Berlusconi de contemporizar com forças políticas “fraccionárias”, referindo-se à Liga do Norte, e de abafar por completo o debate no interior do Partido.
 
Il Cavaliere não perdeu tempo em responder. “Na quinta-feira disseste-me: primeiro que lamentavas ter contribuído para a criação do Partido e segundo disseste que querias criar um grupo parlamentar autónomo. Faz estas declarações como politico não como presidente da Câmara dos Deputados”, afirmou.
 
Esta discussão em público faz prever uma ruptura definitiva entre Sílvio Berlusconi e Gianfranco Fini.
 
O Partido da Liberdade nasceu em março de 2009 da fusão entre a Aliança Nacional e o Forza Italia.