Última hora

Última hora

Advogado dos EUA quer julgar papa por encobrir pedofilia

Em leitura:

Advogado dos EUA quer julgar papa por encobrir pedofilia

Tamanho do texto Aa Aa

Um advogado norte-americano quer levar Bento XVI à barra do tribunal, por causa dos escândalos de pedofilia.

Em causa está o abuso de crianças surdas por um reverendo norte-americano.

O agora papa declarou só ter tido conhecimento dos abusos do padre Murphy em 1999.

Mas uma vítima afirma ter enviado uma carta de denúncia à Santa Sé, em 1995.

O advogado norte-americano acusa o papa de ter feito parte de uma “pirâmide de silêncio”.

Em entrevista à Euronews, o padre Federico Lombardi responde às críticas:

“A grande problemática do encobrimento ou de não se ter olhado de frente certas questões tem a ver com um tempo em que havia uma cultura diferente, de reserva, não só na Igreja mas na sociedade em geral. Mas temos hoje uma grande responsabilidade e a situação requer um trabalho radical e profundo de transparência e clareza”.

Os escândalos de pedofilia na Igreja Católica continuam a fazer rolar cabeças. Na Bélgica, o bispo de Bruges apresentou hoje ao papa um pedido de demissão depois de ter admitido que abusou sexualmente de um jovem. Nos últimos dois dias demitiram-se bispos da Irlanda e da Alemanha.

Estes escândalos levaram o governo alemão a organizar, esta sexta-feira, uma mesa redonda com representantes da Igreja e dos sectores da Educação. Um dos problemas em debate será o da prescrição dos crimes de pedofilia e a compensação às vítimas.