Última hora

Última hora

EUA querem solução de curto prazo para o conflito israelo-palestiniano

Em leitura:

EUA querem solução de curto prazo para o conflito israelo-palestiniano

Tamanho do texto Aa Aa

George Mitchell continua a fazer esforços para que se alcance um acordo a curto prazo entre Israel e a Palestina.

No terreno o consenso é difícil. Os Israelitas insistem na construção de colonatos enquanto os palestinianos mantêm a exigência do fim destas edificações nos territórios ocupados.

Esta sexta-feira, Mitchell reuniu com o Presidente de Israel. Durante o encontro Shimon Peres afirmou que é preciso um estado palestiniano por razões morais mas também por motivos pragmáticos, ou seja, não quer que o conflito se prolongue no futuro.

Barack Obama está determinado em encontrar uma solução para o conflito e defende a criação do Estado palestiniano. O Presidente norte-americano já pediu ao governo de Israel que adopte medidas para conquistar a confiança dos palestinianos.

Em Ramalah, depois de se encontrar com Mahmoud Abbas, o líder palestiniano, Mitchell reafirmou que os EUA continuam firmemente comprometidos em ajudar a construir a paz no Médio Oriente e que, para isso, é preciso pôr fim ao conflito entre Israel e a Palestina e isso passa pela solução de dois estados.

George Mitchell deverá deixar a região no próximo domingo. Mas, apesar dos esforços do enviado diplomático dos Estados Unidos, não se espera que leve na mala mais do que aquilo que trouxe. Até porque Benjamin Netanyahu não se mostra disponível para ceder às exigências palestinianas.