Última hora

Última hora

Áustria: Fischer confirmou reeleição presidencial na ausência de candidato conservador

Em leitura:

Áustria: Fischer confirmou reeleição presidencial na ausência de candidato conservador

Tamanho do texto Aa Aa

A expressiva vitória e respectiva reeleição do presidente austríaco Heinz Fischer, este domingo, não deixou dúvidas.

O escrutínio que deu a vitória ao partido social democrata frustrou ao mesmo tempo as expectivas da direita em conquistar o eleitorado conservador.

No discurso da vitoria, Fischer dirigiu-se à concorrência que chegou a apelar ao voto em branco.

“Vamos, certamente, discutir se é aceitável que personalidades no Estado recomendem o voto nulo ou a abstenção numa eleição presidencial. Mas isso não diminui a minha alegria”.

Fisher recolheu 78,9% dos votos, mantendo à distancia a candidata da extrema-direita, Barbara Rosenkranz com 15,6%, seguida pelo católico-conservador Rudolf Gehring, com 5,4%.

Barbara Rosenkranz, candidata do partido FPO, foi a grande derrotada. A extrema-direita que vinha a crescer desde 2008 ficou muito abaixo dos resultados previstos.

O líder do partido saiu em defesa da candidata retirando-lhe qualquer culpa.

“Depois da caça às bruxas feita pela comunicação social e que lhe trouxe sofrimento, foi muito difícil para ela a nível pessoal. Envolveram a família dizendo que ela tinha dito coisas que nunca disse por isso só posso expressar o meu respeito porque depois da caça às bruxas considero o resultado um sucesso”, disse Heinz-Christian Strache.

A certeza na vitória de Fischer, junto com um dia de sol, pode ter contribuído para que mais de 50% dos austríacos não tivessem participado nesta jornada eleitoral.