Última hora

Última hora

Heinz Fischer reeleito presidente da Áustria

Em leitura:

Heinz Fischer reeleito presidente da Áustria

Tamanho do texto Aa Aa

A elevada abstenção não estragou a festa de Heinz Fischer. O social-democrata foi reeleito presidente da Áustria com quase 80% dos votos.

A eleição ficou marcada pela elevada taxa de abstenção, de 49.2%, e pela pesada derrota da candidata da extrema-direita.

Esta manhã, os jornais austríacos interrogavam-se sobre as razões da fraca participação eleitoral. “Maioria absoluta para a abstenção” ou “greve dos eleitores” eram alguns dos títulos das primeiras páginas.

Um habitante de Viena conta que não ficou surpreendido com o resultado porque pensa que “não houve um real candidato contra Heinz Fischer” e “esperava cerca de 70% ou mais.”

Heinz Fischer infligiu uma pesada derrota à candidata da extrema-direita, Barbara Rosenkranz, que se ficou pelos 15.6%. Em terceiro lugar ficou o partido cristão de Rudolf Gehring, com 5.4%.

Durante a campanha, a candidata da extrema-direita questionou uma lei que proíbe actividades neonazis e opiniões negacionistas sobre o Holocausto.

“Ela modificou um pouco a sua atitude, mas continua a ser da ala mais conservadora da extrema-direita”, considera um cidadão austríaco.

Tendo em conta que a direita clássica do OVP não apresentou candidato contra Fischer, a extrema-direita esperava obter pelo menos 35% dos votos, mas ficou-se pela metade.