Última hora

Última hora

Noriega foi presente em Tribunal

Em leitura:

Noriega foi presente em Tribunal

Tamanho do texto Aa Aa

O antigo homem forte do Panamá, Manuel António Noriega, foi colocado sob prisão depois de ter comparecido esta tarde diante de um magistrado do Tribunal Correcional de Paris.

O advogado de defesa, Oliver Metzner explica que o seu cliente é um homem agastado e doente e que esta tarde a defesa contestou a regularidade do mandato de extradição e que vai pedir também a aplicação de imunidade como ex-chefe de Estado do Panamá, um estatuto que a França lhe reconheceu desde sempre, garante.

O antigo ditador foi condenado à revelia a dez anos de prisão pela justiça francesa em 1999 por branqueamento de capitais procedentes do narcotráfico.

Aos 76 anos, dos quais passou 17 anos preso nos Estados Unidos por cumplicidade com o tráfico de drogas Noriega é também reclamado pelas autoridades do Panamá onde foi condenado à revelia a 15 e 20 anos de prisão pelos assassinatos de Hugo Spadafora e o major Moisés Giroldi.

O Governo do Panamá afirmou ontem que respeita a decisão americana de extraditar o ex-general para França mas lembrou que ele devera cumprir as penas que tem pendentes no seu país.