Última hora

Última hora

Loisiana declara estado de emergência face a maré negra

Em leitura:

Loisiana declara estado de emergência face a maré negra

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades norte-americanas poderão necessitar de três meses para poder colmatar a fuga de petróleo na Golfo do México. A mancha está a espalhar-se a uma proporção de cerca de cinco mil barris de petróleo por dia.

O governador de Louisiana disse que a maré negra pode atingir a costa já esta sexta-feira.

Para impedir a sua expansão, a guarda costeira norte-americana começou a queima controlada da mancha.

“A BP informou-me da localização de uma nova fuga. Ainda que a companhia continue a calcular o derrame em mil barris por dia, a Administração Americana para os Oceanos e Atmosfera alarga a estimativa para cinco mil”, afirmou a contra-almirante Mary Laundry, da guarda costeira.

A mancha aproxima-se dos estados de Flórida, Alabama, Mississipi e Louisiana que declarou o estado de emergência.

O derrame começou na semana passada, na sequência de uma explosão e de um incêndio na plataforma Deepwater Horizon, da BP, que extraía mais de um milhão de litros de petróleo por dia.