Última hora

Última hora

Bolshoi reabre após cinco anos de restauro

Em leitura:

Bolshoi reabre após cinco anos de restauro

Tamanho do texto Aa Aa

Cinco anos depois, e com alguma pressa, o mundialmente famoso teatro russo Bolshoi – que quer dizer “grande” – abre as portas depois de uma restauração custosa após um incêndio que fez temer o pior.

O teatro é um dos símbolos da resistência soviética durante a segunda grande guerra. As obras oficialmente acabam em 2011, mas a proximidade do dia da vitória, na Rússia celebrada a 9 de Maio, obrigou à abertura parcial.

A pressa nesta pré-abertura justifica-se pelo facto de a praça diante do monumental edifício ser o local de concentração dos veteranos da segunda guerra mundial.

Yuri Grigorovich, coreógrafo principal do Bolshoi, desvenda parte do programa para a reabertura do teatro: “Estamos a ensaiar. A bela adormecida vai ser a representação na estreia do teatro restaurado.”

As obras de construção do Bolshoi começaram em 1821 e acabaram quatro anos depois. Em 1953 um incêndio levou o arquitecto Albert Cavos a conceber a versão moderna da estrutura.

Quanto a este último projecto de restauro, está envolto em acusações de corrupção – alegadamente milhões de euros foram desviados, tendo o custo inicial das obras ultrapassado o orçamento estimado.