Última hora

Última hora

Economia dos EUA abranda

Em leitura:

Economia dos EUA abranda

Tamanho do texto Aa Aa

A economia dos Estados Unidos perdeu vigor nos primeiros três meses deste ano.
 
O crescimento do PIB foi de 3,2%, um valor abaixo das previsões dos economistas, depois de uma expansão de 5,6% no último trimestre de 2009.
 
Este abrandamento acontece apesar do aumento no consumo das famílias. O valor subiu 3,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Foi a subida mais importante desde os primeiros três meses de 2007.
  
As bolsas norte-americanas estiveram no vermelho, ao longo da sessão, depois de uma abertura mista. 
 
O crescimento económico em queda e o processo contra o banco Goldman Sachs contrabalançaram as boas notícias de resultados empresariais. O último grupo a publicar contas em alta foi a petrolífera Chevron. Durante o último trimestre do ano passado, o lucro das empresas do S&P 500 cresceu, em média, 176%, o valor mais alto em cerca de 12 anos.