Última hora

Última hora

Mancha de petróleo vai ter consequências desastrosas para a economia da Luisiana

Em leitura:

Mancha de petróleo vai ter consequências desastrosas para a economia da Luisiana

Tamanho do texto Aa Aa

As consequências para a economia do litoral do Estado do Luisiana vão ser desastrosas. Numa corrida contra o tempo, os esforços dos serviços de socorro poderão não ser suficientes para evitar que o crude atinja as praias do Estado do sul dos Estados Unidos da América.

A mudança da direcção dos ventos tem empurrado a mancha de praticamente 75 mil quilómetros quadrados para junto da costa. De acordo com dirigentes federais norte-americanos, o crude deve atingir o delta do Mississípi nas próximas horas.

Billy Nungesser, presidente da junta de Plaquemine, diz que todos sabem o que os espera. “O vento vai soprar a 25, 30 nós, e empurrar o crude para os canais. Alguém tem que conseguir criar uma barreira na areia.”

Com ou sem mangas costeiras, os prejuízos desta catástrofe natural deverão ser extremamente avultados para o turismo, responsável por 14% do PIB do Estado do Luisiana, e para o sector das pescas.

O Luisiana é um dos principais fornecedores de camarões dos Estados Unidos. Dois produtores de camarões já apresentaram queixa contra a BP, proprietário da plataforma acidentada.