Última hora

Última hora

Bento XVI venera o Santo Sudário

Em leitura:

Bento XVI venera o Santo Sudário

Tamanho do texto Aa Aa

Em clima de tensão na Igreja Católica, a passagem de Bento XVI por Turim causou alguma polémica.

De visita à cidade italiana, o Papa disse que o Santo Sudário é um “sinal de esperança” perante o sofrimento da humanidade.

As declarações de Bento XVI são pouco esclarecedoras O certo é que a Igreja Católica não reconhece oficialmente a autenticidade do tecido no qual o corpo de Cristo terá sido envolvido após a crucificação.

Durante a manhã, a Praça de São Carlos, no centro de Turim, encheu-se de crentes, que assistiram à homilia de Bento XVI.

Milhares de peregrinos têm agora esperança de ver ao vivo o Sudário, que a Catedral de Turim não expunha ao público há cerca de dez anos.

Alguns peritos não hesitam em afirmar que se trata de uma peça datada dos séculos 13 ou 14.

O Vaticano defende agora novos testes científicos para determinar a autenticidade da relíquia.