Última hora

Última hora

Nova Iorque escapou a um "acontecimento extremamente mortífero"

Em leitura:

Nova Iorque escapou a um "acontecimento extremamente mortífero"

Tamanho do texto Aa Aa

O pior foi evitado, em Nova Iorque, mas as autoridades continuam sem saber quem está na origem do carro armadilhado que ontem à noite foi descoberto em Times Square.

Graças aos robôs da polícia, o material explosivo pôde ser controlado. A zona foi evacuada e foi instaurado um perímetro de segurança.

O ‘mayor’ de Nova Iorque, Michael Bloomberg, felicitou “os nova-iorquinos que deram o alerta e o profissionalismo da polícia local, que permitiram evitar o que poderia ter sido um acontecimento extremamente mortífero”.

Sobretudo, porque o veículo se encontrava próximo da Broadway, numa noite de sábado – quando milhares de pessoas se dirigem para os teatros.

Testemunhas dizem ter visto alguém a abandonar o carro, estacionado na esquina da 45.a rua com a 7.a avenida. As imagens gravadas pelas câmaras de vigilância de toda a zona estão agora a ser analisadas pelos especialistas. Mas encontrar indícios pode levar horas, preveniu Michael Bloomberg.

O edil de Nova Iorque confirmou que o veículo continha gás propano, gasolina e fios eléctricos, entre outros. Um dispositivo que, embora de fabrico “artesanal”, poderia ter tido graves consequências.