Última hora

Última hora

Os gregos encontram no plano de austeridade todas as razões para se manifestarem

Em leitura:

Os gregos encontram no plano de austeridade todas as razões para se manifestarem

Tamanho do texto Aa Aa

A começar pela sobrecarga fiscal – o IVA passa de 21 por cento para 23 e o imposto sobre os combustíveis, álcool e tabaco sobre dez por cento.

Este jovem vaticina: “Acredito que muita gente vai emigrar, especialmente os mais jovens, à procura de oportunidades no estrangeiro porque neste país até as coisas mais básicas não funcionam.”

Este homem acusa: “Os que roubaram o sector público devem ser castigados. Esses parasitas que roubaram os fundos públicos têm de ir-se embora. Assim, o povo pode ajudar o Governo.”

Esta jovem questiona o futuro dos pobres: “Existe o problema dos muito pobres. Se os seus rendimentos vão ser ainda mais reduzidos, isso vai representar um problema muito, muito sério.”

E mais reduções estão planeadas: Quem ganha três mil euros ou mais não terá subsídios de Natal e regalias, os impostos vão aumentar assim como a tributação às empresas lucrativas e os salários da função pública ficarão congelados até 2014…