Última hora

Última hora

Pacote de ajuda não convence gregos nem mercados

Em leitura:

Pacote de ajuda não convence gregos nem mercados

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia acordou esta segunda-feira com novas promessas, mas não há grande entusiasmo.

O país e os parceiros chegaram a acordo sobre uma ajuda de 110 mil milhões de euros. Os analistas tinham razão ao dizer que a Grécia iria precisar de mais do dobro dos 45 mil milhões incialmente oferecidos, mas os gregos continuam desapontados.

“Já tenho muito poucas esperanças. Tenho uma joalharia e há 25 dias que o telefone não toca. Todos os dias perdemos dinheiro”, diz um comerciante.

As bolsas reagiram com alguma indiferença. As notícias tiveram muito pouca influência na evolução dos índices bolsistas, neste início da semana, uma vez que já se esperava um resultado satisfatório das reuniões do fim-de-semana.

Para o analista Alexandre Iatrides, é normal que a reacção dos mercados seja pouco entusiasta: “Os mercados estavam à espera de tudo. Por isso não houve uma reacção positiva ou negativa a este anúncio. A questão é saber se temos um problema de dívida a nível europeu, com outros países, que talvez também precisem de ajuda da União Europeia e do FMI”.

O euro está a aguentar relativamente bem o abalo desta mais recente crise das dívidas europeias. A moeda única ronda a casa de 1,31 USD.