Última hora

Última hora

Rumores sobre Espanha penalizam mercados

Em leitura:

Rumores sobre Espanha penalizam mercados

Tamanho do texto Aa Aa

Os mercados sofreram mais um duro golpe esta terça-feira, com fortes quedas nas bolsas, sobretudo na de Madrid, onde o índice IBEX 35 caíu 5,4%.

Isto por culpa de rumores de que o país iria em breve preciar da ajuda dos parceiros europeus e do FMI, tal como aconteceu com a Grécia.

Para o primeiro-ministro José Luis Rodríguez Zapatero, estes rumores não têm qualquer fundamento: “Toda a especulação que há em relação à Euro Zona é infundada e irresponsável”.

O jornalista da Euronews Constantino de Miguel dá-nos uma análise da situação espanhola: “É uma situação muito complicada, porque houve uma queda acentuada no mercado imobiliário, que fez aumentar a dívida dos privados. Há um desemprego que ultrapassa os 20% e um défice de mais de 11%. No entanto, ao contrário da Grécia, tem boas estatísticas e uma economia mais diversificada. Ocupa 12% da economia da Zona Euro, por isso o ataque ao país talvez não seja justificado. Mas se o país confirmar que precisa da ajuda do FMI, aí pode haver consequências dramáticas para a Europa como um todo”.

O índice madrileno foi castigado sobretudo pelos títulos da banca. O Santander e o BBVA, os dois maiores bancos do país, estiveram ambos a perder mais de 7%. Os papéis da construtora Sacyr Vallehermoso perderam mais de 10%.