Última hora

Última hora

Alemães castigam Angela Merkel

Em leitura:

Alemães castigam Angela Merkel

Tamanho do texto Aa Aa

A coligação que governa a Alemanha, composta pelos democratas cristãos (CDU) de Angela Merkel, e pelo Partido Liberal (FDP), perdeu as eleições locais na Renânia do Norte-Vestefália.

A líder do Partido Social Democrata diz que “o SPD está de volta”.

“É um dia especial para a Renânia do Norte-Vestefália. A coligação foi derrotada”, congratula-se Hannelore Kraft.

As primeiras sondagens indicam que os sociais-democratas conquistaram 34,5 por cento dos votos e os seus aliados, os Verdes, registaram um resultado de 12,5 por cento, o que os torna nos grandes vencedores destas eleições.

Democratas cristãos e Partido Liberal reuniram cerca de 40,5 por cento dos votos, o que motiva a desilusão de Jurgen Ruettgers, governador do estado e líder regional da CDU.

“Os resultados que estão a sair das primeiras previsões são amargos, principalmente porque viemos para esta campanha convencidos que tínhamos feito um bom trabalho durante cinco anos pelas pessoas de Renânia do Norte – Vestefália”, diz Juergen Ruettgers.

Com a crise como pano de fundo, estas eleições são vistas como um referendo ao governo de Angela Merkel.

A derrota da coligação no poder revela uma perda de maioria na câmara alta do Parlamento federal (Bundesrat).