Última hora

Última hora

Cameron é novo primeiro-ministro do Reino Unido

Em leitura:

Cameron é novo primeiro-ministro do Reino Unido

Tamanho do texto Aa Aa

David Cameron é o novo primeiro-ministro britânico. O até agora líder da oposição conservadora, de 43 anos, foi o mais votado nas eleições do passado dia 6, mas não obteve a maioria absoluta para evitar um parlamento “suspenso”, o que o obriga a formar um governo de coligação.

Um sabor amargo depois da vitória eleitoral.

No primeiro discurso como inquilino do número 10 de Downing Street, Cameron afirmou: “O nosso país tem um parlamento ‘suspenso’ em que nenhum partido tem a maioria absoluta. E temos pela frente problemas profundos: um défice imenso, problemas sociais enormes e um sistema político que necessita de uma reforma. Por estas razões, pretendo formar uma coligação entre os conservadores e os Liberais Democratas. Em nome de todo o país, quero prestar homenagem ao primeiro-ministro cessante pelo longo historial de dedicação ao serviço público.”

Uma declaração apenas possível depois do encontro com a Rainha Isabel II no Palácio de Buckingham, de quem recebeu o mandato para formar um novo governo.

A chegada ao palácio aconteceu quando Gordon Brown abandonou o edifício, depois de ter apresentado a demissão à soberana.

Cameron não perdeu tempo em ocupar a nova residência juntamente com a mulher, Samantha. Aos 43 anos, o líder dos conservadores torna-se no mais jovem primeiro-ministro britânico desde 1812.