Última hora

Última hora

Explosões na mina de Raspadskaia já fizeram 43 mortos

Em leitura:

Explosões na mina de Raspadskaia já fizeram 43 mortos

Tamanho do texto Aa Aa

Sobe para 43, o número de vítimas mortais das explosões na mina russa de Raspadskaia; 47 pessoas continuam desaparecidas. O último balanço dava conta de 32 mortos.

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, deverá deslocar-se, esta terça-feira, à região siberiana de Kemerovj, onde se situa a mina, detida a 40% pelo grupo Evraz, controlado pelo multimilionário Abramovitch.

Na noite de sábado para domingo, uma explosão de metano deflagrou na mina, onde se encontravam 370 mineiros. Horas depois, após a chegada dos primeiros socorristas, uma segunda explosão veio agravar o drama.

Acidentes como estes são comuns na Rússia, em virtude da vetustez das infra-estruturas e da violação das regras de segurança.