Última hora

Última hora

Haitianos pedem demissão de Préval

Em leitura:

Haitianos pedem demissão de Préval

Tamanho do texto Aa Aa

É a maior manifestação política no Haiti desde que em Janeiro o terremoto devastou o país.

Cerca de mil pessoas saíram à rua para exigir a demissão do chefe de Estado.

As forças policiais lançaram gás lacrimogéneo para dispersar os manifestantes, que se concentram na capital, em Port-au-Prince.

Os haitianos acusam René Préval de usar o tremor-de-terra como pretexto para continuar no poder.

Um manifestante explica que se trata de uma demonstração é pacífica e que este tipo de protestos vai continuar. “Estamos aqui para denunciar o que o Presidente nos tem feito” afirma.

Um outro diz que “este é um governo criminoso e que o Presidente é o maior de todos.”

O caos instalou-se depois do Presidente ter decidido prolongar por mais três meses o mandato, que deveria terminar em Fevereiro do próximo ano.

Os haitianos criticam a resposta dada pelo Governo, após o terramoto de 12 de Janeiro, que provocou cerca de 300.000 mortos e mais de um milhão de desalojados.