Última hora

Última hora

Governo tailandês ameaça recorrer à força para acabar com protestos

Em leitura:

Governo tailandês ameaça recorrer à força para acabar com protestos

Tamanho do texto Aa Aa

Já morreram pelo menos 24 pessoas nos confrontos entre soldados e manifestantes anti-governamentais nos últimos dois dias, em Banguecoque. Mais de 180 pessoas ficaram feridas. As vítimas mortais são civis tailandeses.

Na primeira intervenção pública desde o início dos confrontos, o primeiro-ministro tailandês, Abhisit Vejjajiva, ameaçou recorrer à força para acabar com os protestos dos camisas vermelhas.

O exército anunciou que pretende asfixiar os milhares de manifestantes barricados numa área do centro de Banguecoque, bloqueando todas as formas de abastecimento.

Os militares não deixam entrar civis na zona vermelha e têm franco-atiradores posicionados. Há letreiros a avisar os possíveis intrusos de que estão prestes a atravessar uma “Zona de Fogo Real”.