Última hora

Última hora

Ryanair condenada a pagar 3 milhões de Euros

Em leitura:

Ryanair condenada a pagar 3 milhões de Euros

Tamanho do texto Aa Aa

A Ryanair foi condenada pela Autoridade Italiana de Aviação Civil, Enac, a pagar 3 milhões de euros de multas.

A companhia irlandesa de baixo custo terá que indemnizar 178 passageiros que não puderam voar nos dias em que a nuvem de cinzas do vulcão islandês obrigou ao encerramento dos espaços aéreos em diversas cidades europeias.

A Ryanair foi considerada culpada de ter violado as obrigações legais de assistência a estes passageiros depois de terem visto anulados os seus voos. Segundo a instituição italiana a empresa não forneceu aos seus clientes a alimentação e estadia previstas por lei. A ENAC, a Protecção civil e a sociedade que gere o aeroporto de Ciampino, em Roma, viram-se obrigadas a cumprir os deveres da companhia aérea junto dos seus clientes.

O vulcão, que entrou em erupção na Islândia a 15 de Abril, tem causado o caos nos aeroportos um pouco por toda a Europa.

Parte do espaço aéreo do Reino Unido pode vir a encerrar de novo este domingo.