Última hora

Última hora

Clotilde Reiss já está em França

Em leitura:

Clotilde Reiss já está em França

Tamanho do texto Aa Aa

A jovem viajou, esta manhã, de Teerão até ao Dubai, onde um avião oficial francês a esperava e a transportou até ao aeroporto militar de Paris.

Reiss chegou ao início da tarde à capital francesa e já se encontrou com Nicolas Sarkozy no Palácio do Eliseu.

À saída, numa breve declaração, homenageou os detidos que estiveram com ela, durante um mês e meio na prisão, e a trataram como uma irmã. Fez ainda menção aos dois homens que foram executados, em Janeiro de 2010, que estiveram sentados ao seu lado no dia do julgamento e que as pessoas puderam na televisão. Explicou que se sente triste com o que aconteceu. E acrescentou que hoje, livre no seu país, os seus pensamentos estão com eles.

Um desfecho que acontece duas semanas depois de França recusar a extradição de um engenheiro iraniano para os Estados Unidos e de estar prestes a expulsar um outro iraniano condenado a prisão perpétua.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros francês garante que não há qualquer ligação entre as duas questões. Afirma que a situação dos dois iranianos foi gerida pela justiça francesa e que não houve nenhuma contrapartida.

Clotilde Reiss era acusada pela justiça do Irão de ter participado nas manifestações antigovernamentais em Junho de 2009.

Sábado, foi condenada a pagar 230.000 euros, para poder abandonar o país.