Última hora

Última hora

Governo da Tailândia só aceita tréguas após fim das barricadas

Em leitura:

Governo da Tailândia só aceita tréguas após fim das barricadas

Tamanho do texto Aa Aa

O governo da Tailândia só aceita negociações com os camisas vermelhas, se as barricadas forem retiradas. Segundo uma fonte do executivo, um líder dos manifestantes terá solicitado o cessar-fogo, horas depois de ter expirado um ultimato para que os manifestantes se retirassem do centro da capital.

Os últimos dias ficaram marcados por violentos confrontos entre as forças da ordem e os manifestantes. O último balanço aponta para 37 mortos e duas centenas de feridos. Esta manhã, morreu, no hospital, um dos líderes militares do movimento. Seh Daeng tinha sido baleado na cabeça, na passada quinta-feira quando discutia com jornalistas em Banguecoque. Era o principal responsável pela segurança do acampamento de Banguecoque.

Em comunicado, o ex-primeiro-ministro no exílio, Takhsin Shinawatra, pediu às duas partes para darem passos de modo a evitar uma guerra civil.