Fechar
Login
Por favor, introduza os seus dados de login

Skip to main content

Um importante líder militar dos “camisas vermelhas” da Tailândia morreu esta segunda-feira no hospital.

O general Khattiya Sawasdipol mais conhecido pelo nome de Seh Daeng tinha sido baleado na cabeça, na passada quinta-feira quando discutia com jornalistas em Banguecoque.

O ataque desencadeou violentos confrontos entre manifestantes e soldados, causando a morte a trinta e cinco pessoas.

Daeng era o conselheiro militar dos apoaintes do primeiro-ministro Taksin Shinawatra e garantia a segurança do bairro do centro da capital tailandesa onde se encontram barricados os activistas anti-governo.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre