Última hora

Última hora

NATO apresenta novo Conceito Estratégico

Em leitura:

NATO apresenta novo Conceito Estratégico

Tamanho do texto Aa Aa

A NATO deve preparar-se melhor para enfrentar ameaças não convencionais na próxima década, acabando nomeadamente com a tendência de redução nas despesas militares.
 
Uma conclusão do relatório do grupo de especialistas liderado pela ex-secretária de Estado norte-americana Madeleine Albright, que servirá de base para o novo Conceito Estratégico da Aliança Atlântica.
 
O texto sugere que a NATO deve dotar-se de um sistema de defesa antimísseis próprio e promover as relações com a Rússia.
 
Em declarações à euronews, o secretário-geral da Aliança, Anders Fogh Rasmussen sublinhou que “disse ‘sim’ a uma aproximação a duas vias. Por um lado, é preciso aceitar que em determinadas áreas existem desacordos com a Rússia e é preciso manter uma posição firme em princípios básicos. Mas, por outro lado, temos de desenvolver uma cooperação prática em áreas nas quais partilhamos afinidades com a Rússia, como o Afeganistão, a luta contra o terrorismo, a não-proliferação de armas de destruição maciça, o combate à pirataria e, também é preciso acrescentar, a defesa antimíssil”.
 
A última revisão da doutrina da NATO datava de 1999, antes do 11 de Setembro e das campanhas no Afeganistão e no Iraque. A nova visão estratégica visa agora desafios como o terrorismo e a cibercriminalidade e deverá ser adoptada na cimeira da Aliança em Lisboa, em Novembro.