Última hora

Última hora

Khodorkovski em greve de fome contra prolongamento da detenção

Em leitura:

Khodorkovski em greve de fome contra prolongamento da detenção

Tamanho do texto Aa Aa

Mikhail Khodorkovski iniciou uma greve de fome para protestar contra o que considera uma decisão ilegal de prolongar a sua detenção numa prisão de Moscovo.

O antigo magnata russo do petróleo, condenado em 2005 a oito anos de cadeia, é alvo de um novo processo por fraude fiscal e branqueamento de capitais.

Um dos advogados de Khodorkovski diz que “já que não foi possível obter resultados por via legal, ele foi forçado a tomar uma medida extrema” e acrescenta que esperam “que a mensagem seja finalmente ouvida e que isso não afecte o estado do cliente”.

Num apelo ao presidente do Supremo Tribunal, Khodorkovski denuncia a extensão por três meses do período de prisão preventiva, quando se preparava para pedir liberdade condicional.

O ex-magnata do petróleo, derrubado na era de Putin, sublinha que o presidente Dmitri Medvedev efectuou este ano emendas ao Código Penal, segundo as quais a prisão preventiva só pode ser atribuída a suspeitos de crimes de natureza económica em casos nos quais ele não se insere.