Última hora

Última hora

Seca em Cuba obriga à distribuição de água

Em leitura:

Seca em Cuba obriga à distribuição de água

Tamanho do texto Aa Aa

Cuba está sem água. A seca que começou em 2008 agravou-se nas últimas semanas e as autoridades começaram a racionar e distribuir água pelos habitantes da ilha caribenha. A principal reserva do país, que atingiu o nível mais baixo de sempre em Agosto, encontra-se novamente num nível crítico.

“Isto está muito mau. Num dia a água chega à torneira e depois fica sem pingar durante dois dias. Espero que a situação estabilize porque não podemos continuar assim”, afirma um habitante.

A seca está a afectar a agricultura e em particular as plantações de cana do açucar. O país já foi o maior exportador do mundo mas esta cultura tem vindo a declinar desde o colapso da União Soviética, há duas décadas.

Os agricultores queixam-se: “Não quer chover e não podemos plantar nem fazer nada. Os animais sofrem cada vez por causa da seca e o nível das reservas está cada vez mais baixo.”

A estação das chuvas começa em Maio mas as previsões continuam a apontar para um céu limpo. O governo de Havana tem estado a investir maciçamente numa rede hidráulica para tentar distribuir a água das montanhas.