Última hora

Última hora

Coreias na agenda da reunião China-EUA

Em leitura:

Coreias na agenda da reunião China-EUA

Tamanho do texto Aa Aa

A crise na península coreana foi a convidada surpresa do Diálogo Estratégico e Económico entre a China e os Estados Unidos. A secretária de Estado Hillary Clinton afirmou em Pequim que os dois países têm que trabalhar em conjunto para alcançar a paz na região.

Mas a economia é o principal tema dos trabalhos entre as duas potências. O vice-primeiro-ministro chinês afirmou na sessão de abertura que o seu país registava com o agrado a iniciativa americana de reduzir as barreiras às exportações chinesas e considerou positivo o tratamento dado às empresas que querem investir na América.

As relações entre a primeira e a terceira economia mundiais têm como um dos pontos de maior discórdia a taxa rígida de câmbio entre o yuan e o dólar. Washington gostaria de ver uma taxa flutuante mas Pequim prefere manter a sua moeda artificalmente baixa para favorecer as suas exportações. As questões da energia e do clima, assim como a possibilidade de novas sansões ao Irão, vão estar igualmente sobre a mesa neste encontro.