Última hora

Última hora

"Fergie" volta a embaraçar a família real britânica

Em leitura:

"Fergie" volta a embaraçar a família real britânica

Tamanho do texto Aa Aa

Sarah Fergusson pediu desculpas pelo mais recente escândalo a abalar a família real britânica. A ainda duquesa de York afirmou ter agido sem o conhecimento do seu ex-marido, o príncipe André.

Num vídeo divulgado por um tablóide inglês, Fergusson aceitava uma importante soma de dinheiro, para apresentar o ex-marido e embaixador britânico para o comércio internacional a um falso homem de negócios.

Uma venda de favores, pelo montante de 575 mil euros, lamentada agora por Sarah Fergusson e condenada pelo palácio de Buckingham.

Num comunicado oficial, a casa real, afirma que o príncipe André nunca esteve ao corrente das negociações entre Sarah e o jornalista do tablóide, disfarçado de homem de negócios.

Para um dos editores do tablóide que teceu a armadilha, “a atitude de Fergusson afecta a integridade do cargo de embaixador do príncipe André. Penso que cometeu um erro que embaraça não só o ex-marido e a monarquia mas também a imagem do comércio britânico”.

Sarah Fergusson tinha-se divorciado do príncipe André em 1996, após 10 anos de casamento marcados pela atitude irreverente de “Fergie”.

Desde então que a imprensa sublinha o estado ruinoso das finanças da ex-princesa, que consegue uma vez mais voltar a perturbar a tranquilidade do palácio de Buckingham.