Última hora

Última hora

Itália adopta hoje plano de austeridade económica

Em leitura:

Itália adopta hoje plano de austeridade económica

Tamanho do texto Aa Aa

A Itália quebra o silêncio sobre a sua elevada dívida pública. Depois de Atenas, Madrid e Lisboa, Roma anunciou que vai adoptar um plano de austeridade económica durante o conselho de ministros desta terça-feira.

O governo garante que a medida não vai implicar um aumento dos impostos.

Um dos conselheiros de Berlusconi afirmou ontem que, “as medidas vão implicar sacrifícios difíceis, que o governo é obrigado a impor, para já de forma temporária. É preciso agir o mais rapidamente possível para salvar o nosso país de… digamos, do ‘risco grego’, por assim dizer”.

O plano do governo tem por objectivo poupar 24 mil milhões de euros com cortes na despesa do Estado que poderão incluir os salários de ministros e deputados, assim como o congelamento das remunerações de polícias e militares.

Segundo as previsões do FMI, a dívida pública italiana deverá aumentar até mais de 121% do PIB em 2012. O défice orçamental transalpino situa-se agora nos 5,2% e poderá caír em três pontos até 2012.

O governo italiano prevê ainda arrecadar receitas suplementares com medidas como o adiamento da idade de entrada na reforma ou a criação de novas portagens nas auto-estradas e áreas urbanas.