Última hora

Última hora

Coreia do Norte expulsa funcionários públicos da Coreia do Sul

Em leitura:

Coreia do Norte expulsa funcionários públicos da Coreia do Sul

Tamanho do texto Aa Aa

É a prova da deterioração das relações entre as duas Coreias: Pyongyang levou a cabo a ameaça feita a Seul: expulsou oito funcionários públicos sul-coreanos do complexo industrial transfronteiriço onde trabalhavam. E a televisão norte-coreana difunde mensagens ameaçadoras contra o vizinho do Sul.
Hillary Clinton, a secretária de Estado norte-americana, manifestou o seu apoio ao aliado de Seul ao afirmar que a comunidade internacional tem a responsabilidade e o direito de responder às provocações norte-coreanas.

A tensão na península aumentou na semana passada, quando o inquérito internacional estabeleceu que a corveta sul-coreana Cheonan foi afundada por um torpedo norte-coreano. Pyongyang nega qualquer implicação no naufrágio do navio e ameaça levar a cabo “uma guerra total” contra Seul, em caso de novas sanções.

Uma escalada da tensão que tem trazido para as ruas a população sul-coreana.