Última hora

Última hora

França protesta contra aumento da idade da reforma

Em leitura:

França protesta contra aumento da idade da reforma

Tamanho do texto Aa Aa

Jornada de mobilização social em França contra a proposta do governo de recuar a idade de acesso à reforma.

Milhares de trabalhadores, de todos os sectores, concentram-se desde manhã nas principais cidades do país, para manifestações contra a proposta de lei.

Os sindicatos querem fazer deste dia um teste importante contra esta reforma.

Nas ruas, as opiniões dividem-se. Este homem diz que é normal, que é mesmo inevitável. “Não estarei no mesmo estado de saúde que estava o meu pai quando se reformou aos 60 anos, nem mesmo o meu avô, mas todos vamos ter que participar”, afirma.

Segundo sondagens da imprensa, 60% dos franceses contesta a reforma, como esta mulher:

“Eu gostaria de parar aos 60, porque já chega. É a idade legal e já paguei os meus 40 anos de contribuições. Se puder trabalhar mais um ano, verei, mas tenciono parar aos sessenta, daqui a dois anos”.

O dia é de greve em muitos sectores, mas os transportes não estão a ser muito afectados, porque fazem parte dos regimes especiais não integrados nesta primeira fase da proposta do governo.

O executivo quer recuar a idade da reforma progressivamente, a um ritmo de três meses por ano.As negociações com os sindicatos estão em curso e o debate público começa em Setembro.