Última hora

Última hora

Japão começa a julgar ecologista

Em leitura:

Japão começa a julgar ecologista

Tamanho do texto Aa Aa

O ecologista Peter Bethune começou a ser julgado em Tóquio.

O neozelandês é acusado de obstruir a caça à baleia no Antárctico, uma tradição que os japoneses não querem abdicar.

Essa foi pelo menos a mensagem deixada junto ao tribunal por um grupo de militantes de extrema-direita.

Detido há mais de três meses, o membro da associação de defesa do ambiente Sea Shepherd, corre o risco de ser condenado a 15 anos de prisão.

O ecologista enfrenta várias acusações, entre elas a de ter entrado ilegalmente a bordo de um navio japonês com uma faca e de ter ferido um marinheiro.

Bethune admite a posse ilegal de arma, a violação da propriedade privada, ma
s recusa a acusação de
agressões e ferimentos.
A sentença deve ser conhecida no final de Junho.

O Japão diz que a pesca de centenas de baleias tens fins científicos. Um argumento que os activistas dizem ser de ficção.