Última hora

Última hora

Touraine e Bauman ganham prémio Príncipe das Astúrias

Em leitura:

Touraine e Bauman ganham prémio Príncipe das Astúrias

Tamanho do texto Aa Aa

O Prémio Príncipe das Astúrias para Comunicação e Humanidades 2010 foi atribuído a dois sociólogos europeus de renome, Alain Touraine e Zygmunt Bauman. O anúncio foi proferido em Oviedo pelo presidente do Júri da Fundação, Manuel Olivençia Ruiz.

O sociólogo francês Alain Touraine fundador do centro de Estudos de sociologia do trabalho da universidade do Chile ficou conhecido por ter sido o criador do termo “sociedade pós-industrial”, pelos trabalhos da sociologia de acção e a análises do movimento social polaco nascido do sindicato “solidariedade”.

O homólogo polaco Zygmunt Bauman destacou-se principalmente pelas investigações na estratificação social, no movimento trabalhador e a natureza da modernidade e a suposta ligação com o holocausto.

O galardão, dotado de 50 mil euros e da réplica de uma estatueta de Joan Miró, é o terceiro a ser atribuído este ano depois do das artes e o das e ciências sociais.

O prémio será entregue em Outubro.