Última hora

Última hora

Subida do Oder deixa Alemanha em estado de alerta

Em leitura:

Subida do Oder deixa Alemanha em estado de alerta

Tamanho do texto Aa Aa

Os níveis do rio Oder que separa a Alemanha da Polónia continuam a aumentar.

Em Ratzdorf, a ruptura de um dique foi colmatada com dezenas de sacos de areia.

A protecção civil não tem tido mãos a medir, 13 anos depois das piores cheias de sempre.

As inundações de 1997 levaram à renovação de 137 quilómetros de diques.

A Alemanha está mais bem preparada para lidar com a subida das águas, mas isso não evitou que dezenas de habitações ficassem submersas nos últimos dias.

Para aliviar a pressão da água nos diques, as autoridades admitem socorrer-se de uma zona inundável entre Frankfurt un der Oder e Schwedt, em Brandeburgo.

As autoridades admitem aumentar o nivel de alerta na cidade de Frankfurt un der Oder, situada a cerca de 100 quilómetros de Berlim.

É a segunda vez que Mathias Platzeck se depara com o problema das cheias. O homem que em 1997 assumia a pasta do ambiente considera que hoje a situação é melhor:

“Desta vez estamos mais bem preparados. A única preocupação são os diques mais antigos. É importante reconstrui-los. Os novo são perfeitos.”

Imperfeitas são para já as condições para os amantes de ciclismo. Uma situação que se deve manter nos próximos dias.