Última hora

Última hora

Cimeira asiática para acalmar tensões coreanas

Em leitura:

Cimeira asiática para acalmar tensões coreanas

Tamanho do texto Aa Aa

Em clima de alta tensão entre Pyongyang e Seul, a Coreia do Sul recebeu os líderes do Japão e da China.

Um encontro a três onde o principal tema de conversa é, certamente, a crise desencadeada entre as duas coreias pelo incidente da corveta abatida em Março.

O primeiro-ministro japonês prestou homenagem aos marinheiros que perderam a vida no navio afundado. O Japão, aliado da Coreia do Sul, já reforçou as sanções contra a Coreia do Norte e junta-se aos Estados Unidos no pedido para que a China denuncie o ataque à embarcação sul-coreana.

Pequim, no entanto, tarda em pronunciar-se, explicando que pretende analisar o relatório produzido por peritos internacionais que acusam Pyongyang de ter torpedeado a corveta Cheonan e provocado a morte a 46 marinheiros.

A Coreia do Norte, por seu lado, defende-se alegando que não possui o submarino citado no relatório como tendo estado na origem do lançamento do torpedo.