Última hora

Última hora

Um ataque que impediu uma festa

Em leitura:

Um ataque que impediu uma festa

Tamanho do texto Aa Aa

Os pescadores da Faixa de Gaza tinham preparado os seus barcos para receberem, festivamente, a frota com ajuda humanitária, atacada pela marinha de Israel.

O comboio humanitário preparou-se para a parte final da viagem, durante o dia de sábado.

Alguns problemas técnicos levaram os activistas dos direitos humanos a reduzirem o número de navios.

Inicialmente, estavam previstas oito embarcações.

A frota era esperada no porto palestiniano de Ashdod.

O Governo de Gaza preparava-se para classificar a viagem como grande vitória política, porque vinha furar o cerco ao território que dura desde o verão de 2008.

Ankara diz que pediu autorizaçao a Isarel, para esta missão.

Mas, no sábado, o ministro israelita dos Negócios Estrangeiros tinha avisado que não permitiria que a frota chegasse ao destino.