Última hora

Última hora

Egipto abre terminal de Rafah

Em leitura:

Egipto abre terminal de Rafah

Tamanho do texto Aa Aa

O Egipto abriu a passagem de Rafah com a Faixa de Gaza, o único ponto de passagem para o exterior do território palestiniano não controlado por Israel.

A ordem foi dada pelo presidente Hosni Mubarak, para que este terminal sirva de porta para a entrada de ajuda humanitária e medicamentos para a população sediada desde 2007.

A decisão foi tomada ao princípio da tarde e não há nenhuma indicação de quanto tempo vai durar. A abertura deste terminal tem estado limitada a alguns dias por mês.

Em Gaza, os palestinianos não escondem o desespero:

“O que aconteceu é o resultado da incompetência e da cobardia dos países árabes. Preocupam-se apenas em que os dólares continuem a chegar. Nós precisamos de apoio político e nacional”, desabafa um palestiniano.

“Muitos países condenaram o que aconteceu ontem no mar mas nós, os palestinianos, achamos que a condenação não vai mudar nada”, afirma outro.

O anúncio da abertura de Rafah pelo governo egipcío ocorreu poucas horas antes do início da reunião dos países da Liga Árabe para abordar uma resposta comum do mundo árabe ao comportamento de Israel.

Nos últimos meses, o Cairo tem procurado reforçar o controlo na fronteira com a Faixa de Gaza, em nome da luta contra diversos tipos de tráfico.

Esta atitude tem-lhe valido tensões com o Hamas e acusações de estar a fazer o jogo de Israel, contribuindo para o bloqueio do território palestiniano.