Última hora

Última hora

ONU não condena Israel

Em leitura:

ONU não condena Israel

Tamanho do texto Aa Aa

A reunião do Conselho de Segurança da ONU terminou sem uma condenação a Israel.

No final da sessão, que decorreu, de emergência, em Nova Iorque, a pedido da Turquia e do Líbano, o Presidente do conselho leu uma condenação apenas ao ataque contra a frota que transportava ajuda humanitária.

Claude Heller afirmou que as Nações Unidas condenam os actos de força e, ao mesmo tempo, lamentam a morte de civis e os feridos. Sublinhou a importância da libertação das pessoas que Israel deteve.

A ONU pede que seja realizada uma investigação imparcial e credível sobre o ataque militar israelita. Um inquérito que deverá ser conduzido por Telavive, uma exigência dos Estados Unidos.

Alejandro Wolff, vice-embaixador americano na ONU, diz que estão confiantes que Israel pode conduzir uma investigação “rápida, credível, imparcial e transparente… internamente.”

A “Frota da Liberdade” rumava a Gaza quando foi interceptada pelo exército israelita. A Turquia, que liderava esta frota, garante que transportava 10 mil toneladas de ajuda humanitária bem como activistas e observadores de vários países, o relator da ONU no terreno confirma a informação.

Por seu lado, Israel afirma que a bordo seguiam armas que se destinavam ao Hamas e que se limitou a responder a um ataque.