Última hora

Última hora

Que destino para os civis presos em Israel?

Em leitura:

Que destino para os civis presos em Israel?

Tamanho do texto Aa Aa

Algumas dezenas de europeus que integravam a missão humanitária para Gaza já regressaram a casa, mas Isarel detém ainda centenas de civis.

O mundo pergunta-se o que vai acontecer com esses cidadãos de 42 nacionalidades. A NATO exorta o Estado hebraico a libertar imediatamente essas pessoas.

Uma advogada sueca declara:
“Posso afirmar claramente que não há nenhuma razão para estas pessoas estarem detidas. A causa da sua detenção, segundo o que foi dito pelas autoridades, é que entraram ilegalmente em águas israelitas, apesar de nós sabermos que foram detidos em águas internacionais e conduzidas para águas israelitas”.

Na madrugada de segunda-feira, a marinha israelita lançou, em águas internacionais, um assalto contra uma frota de barcos civis. Os barcos foram conduzidos ao porto israelita de Ashdod; a maioria dos ocupantes está na prisão de Ela, no sul do país e nem todos serão libertados. O Líbano, por exemplo, já foi informado que alguns dos seus cidadãos detidos não serão repatriados.